Av Tenente Coronel Melo Antunes, 30 , loja 32 Fafe

253 290 754 / 937 695 724

Horário

Seg-Sex: 10:00H-20:00H

Sab: 9:30H-14:00H

Ligue - nos!

253 290 754

937 695 724

Marcações

Não espere mais!

Horário

Seg-Sex: 10:00H-20:00H <p>Sab: 9:30H-14:00H

Marcações

Não espere mais!

O que fazemos melhor!

Cirurgia Oral

A cirurgia oral é uma das áreas mais abrangentes da medicina dentária. Esta especialidade dedica-se à prevenção, diagnóstico e tratamento de alterações, lesões e patologias da cavidade oral e estruturas anexas.

Os atos cirúrgicos mais realizados, encontram-se relacionados com as extrações de dentes com pouca viabilidade de manutenção na cavidade oral, nomeadamente dentes com cáries muito extensas e não restauráveis, dentes com muita perda óssea, dentes inclusos e com grandes infeções associadas.

Os atos cirúrgicos mais realizados, encontram-se relacionados com as extrações de dentes com pouca viabilidade de manutenção na cavidade oral, nomeadamente dentes com cáries muito extensas e não restauráveis, dentes com muita perda óssea, dentes inclusos e com grandes infeções associadas.

Dentísteria

Dentísteria ou medicina dentária estética é o ramo da medicina dentária que actua na área da estética e restauração dentária. Entre outros serviços, os profissionais desta especialidade tratam do uso de resinas diretas ou indirectas, facetas e restaurações de cerâmica (inlays e overlays) bem como do branqueamento dentário.

A reconstrução dentária é abrangida por esta área, pelo que é uma medida importante para a saúde individual, já que a permanência de cáries pode causar problemas de saúde oral.

Endodontia

A endodontia é responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças que afetam a polpa dentária (nervo) e os tecidos periapicais (ao redor da raíz do dente) mantendo conservação do dente em boca.

O objectivo do tratamento endodôntico não cirúrgico, vulgo “desvitalização” é proporcionar que os tecidos que circundam o dente mantenham ou recuperem o estado saudável, através da remoção da polpa dentária, conformação e desinfecção dos canais radiculares com soluções antibacterianas e selamento dos canais.

Em situações onde a cárie já afetou polpa dentária, que se traduz pela típica dor aguda ou pelo abcesso dentário.

Implantologia

A implantologia tem por finalidade a substituição dos dentes perdidos mediante o recurso à colocação de implantes dentários.

Os implantes dentários são estruturas em titânio de grau cirúrgico que substituem as raízes de dentes perdidos na mandíbula ou maxilar.

Os implantes funcionam como pilares que dão suporte a próteses fixas e/ou a próteses removíveis que podes substituir desde um único dente até arcadas dentárias completas.

É imprescindível o controlo periódico dos implantes e dos tecidos que o suportam. Estes controlos devem ser realizados de acordo com a necessidade de cada paciente, atendendo aos fatores que possam contribuir para o desenvolvimento da doença periodontal assim como evitar que esta se desenvolva nos tecidos peri-implantares, pois o risco destes pacientes desenvolverem a doença peri-implantar é maior do que em pacientes com tecidos moles e ossos saudáveis.

Oclusão

A Oclusão é o ramo da Medicina Dentária que trata as relações de mordida entre os maxilares e as suas implicações com as estruturas anexas. Ou seja, a forma como os dentes se relacionam entre si.

Para se obter uma oclusão normal é necessário que os maxilares e os dentes se relacionem de uma forma estável e ideal, de forma a não haver qualquer tipo de patologia articular, e que o paciente consiga manter as funções e a saúde normal.

Uma oclusão incorreta pode levar a alterações patológicas da articulação tempormandibular, podendo causar disfunções temporomandibulares (problemas da articulação da mandíbula).

Odontopediatria

É uma especialidade de medicina dentária que se dedica à saúde oral de crianças e adolescentes.

A primeira consulta de medicina dentária deve realizar-se quando os primeiros dentes de leite erupcionem ou no máximo até um ano de idade, para que se desenvolvam estratégias preventivas e identificadas possíveis hábitos prejudiciais à saúde oral da criança.

Ortodontia

A Ortodontia é um campo do saber dentário que está relacionado com o estudo, prevenção e tratamento dos problemas de crescimento e desenvolvimento da face, placa dentária e mordedura. Trata-se de uma área especializada da saúde oral que trata as disfunções dento-faciais, tendo como objetivo máximo corrigir os dentes e os maxilares que estão posicionados de forma incorreta.O tratamento ortodôntico melhora a saúde em geral e a saúde oral. Melhora a aparência de uma pessoa através de um sorriso bonito. O rosto fica favorecido e em harmonia com os dentes e os maxilares. Melhora a função fonética e a articulação das palavras. Corrige a função mastigatória.

A ortodontia pode ser dividida em ortodontia fixa (com braquetes e bandas coladas aos dentes) e removível (aparelhos removíeis).

Periodontologia

A periodontologia é a especialidade de medicina dentária que estuda e trata as doenças do sistema de implantação e suporte dos dentes (periodonto).

O periodonto é formado pelo osso alveolar, ligamento periodontal e cimento da raiz, e tem como função a inserção do dente no osso maxilar, e também conserva a superfície da mucosa mastigatória da cavidade oral. As alterações patológicas do periodonto são chamadas de doenças periodontais, e dividem-se em gengivite e periodontite.

Na gengivite há uma inflamação superficial das gengivas, sendo facilmente tratadas com recuperação total dos tecidos. Na periodontite há uma destruição das estruturas de suporte do dente, com reabsorção do osso e receção da gengiva, e se não for tratada pode levar à perda dos dentes.

Prótese Fixa

As próteses fixas podem ser coroas ou pontes que são colocadas sobre os dentes naturais e/ou sobre implantes dentários. Este tipo de prótese está indicada na reabilitação de dentes com grande destruição, alterações de cor, de forma ou substituição de dentes ausentes.

As coroas e pontes quando bem adaptadas, funcionam como dentes naturais, permitem um bom resultado estético e não podem ser removidas pelos pacientes.

Prótese Removível

As próteses dentárias são dispositivos que permitem recuperar as funções orais de mastigação, estética e fonética em situações de ausências dentárias totais ou parciais.

Existem próteses removíveis esqueléticas e acrílicas. As primeiras possuem uma base metálica que se apoia nos dentes remanescentes, as seguintes são constituídas por resina acrílica e apoiam-se sobre as gengivas.

Tenha o sorriso com que sempre sonhou!